Abertura de Firmas

O que é?

Firma é assinatura.
Para a realização do Reconhecimento de Firma, é necessário que o interessado tenha o cartão de firma arquivado em Cartório de Notas, o qual não tem prazo de validade, porém, a atualização é necessária caso a assinatura seja alterada.

Como é feita?

O interessado comparece ao Tabelionato com seu documento de identificação e CPF originais, preenche formulário com seus dados e o assina duas vezes. Com o padrão de assinatura arquivado, documentos por ele assinados podem ser apresentados ao cartório para o reconhecimento de firma por semelhança.

Documentos necessários

Para o preenchimento da ficha de abertura de firma, devem ser apresentados os seguintes documentos originais:

– Documentos de Identificação, entre os quais são aceitos:

– Cédula de Identidade ou RG;

– Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ou Documento de identidade de Exercício Profissional expedido nos termos da Lei Federal nº 6.206/75, pelos órgãos de classe, tais como OAB, CRM, CREA, entre outros, ou Documento de Identidade expedido pelo Exército, Marinha, Aeronáutica, Magistratura ou Ministério Público.
– Cadastro de Pessoa Física (CPF);

– Certidão de Casamento (*somente para a pessoa que alterou o nome após o casamento, separação ou divórcio e não alterou o documento de identidade);

– Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) válido, no caso de estrangeiros com visto permanente;

Observações
– Pessoas semialfabetizadas e com deficiência visual podem depositar sua assinatura em cartório, não havendo necessidade de testemunhas.

– Pessoas não alfabetizadas não podem ter cartão de assinatura em cartório.