Tabelião de Barueri é agraciado pelo TJ-SP com o Diploma Ramos de Azevedo

Cerimônia ocorreu no Palácio da Justiça de São Paulo e homenageou ícones da atividade extrajudicial estadual bandeirante.

Na tarde dessa segunda-feira (14.12), o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), em comemoração aos 80 anos da fundação do Palácio da Justiça, condecorou com o Diploma Ramos de Azevedo personalidades que prestaram relevantes serviços ao Poder Judiciário do Estado de São Paulo. Entre os agraciados estiveram presentes diversos ícones do extrajudicial bandeirante, inclusive, o presidente do Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB-CF) e Tabelião de Barueri, Ubiratan Guimarães.

“Essa reunião conta com pessoas muito bem escolhidas e tem como objetivo um singelo culto à gratidão. Nossos homenageados se destacam por exceder o cumprimento de seus deveres”, explicou o idealizador da homenagem e presidente do Tribunal paulista, desembargador José Renato Nalini. “Desde muitas décadas tenho verificado que no extrajudicial temos parceiros inestimáveis, pois nunca se recusaram a colaborar com o Poder Judiciário. Sempre digo que não há nada mais judicial que o extrajudicial”, ressaltou o presidente do TJ-SP.

Ubiratan Guimarães acredita que a homenagem não é restrita apenas a alguns notários e registradores, mas sim ao sistema extrajudicial de todo o Brasil. “É uma honra indescritível ser homenageado pelo maior Tribunal de Justiça do Brasil. Esse diploma não é meu, ele pertence a todo o notariado brasileiro, que sempre, de uma forma ou de outra, esteve ligado ao Poder Judiciário do Estado de São Paulo”, garantiu o Tabelião de Barueri.

Representando todos os homenageados, o desembargador do TJ-SP, Luís Soares de Mello Neto, homenageou o atual presidente do Tribunal paulista, destacando que este é peça fundamental para todas as conquistas citadas. “Sem sua mente privilegiada não seriam concretizados todos esses projetos e homenagens. O senhor ama o que faz, assim como ama o Judiciário e à Justiça, além de ter uma invariável dedicação a aqueles que o procuram em busca de soluções para seus problemas”, enalteceu Luís.

Também foram homenageados Ana Paula Frontini, diretora do Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB-SP), Carlos Fernando Brasil Chaves, presidente do CNB-SP, Maria Beatriz Lima Furlan, titular do Registro Civil e Tabelionato de Notas do Distrito de Ermelino Matarazzo, Cláudio Marçal Freire, presidente do Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Sinoreg-SP), Flauzilino de Araújo Santos, ex-presidente da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (Arisp), Francisco Raymundo, atual presidente da Arisp, José Carlos Alves, presidente do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil – Seção São Paulo, Leonardo Munari de Lima, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP), e Luís Carlos Vendramin Júnior, presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP).

Fonte: Assessoria de Comunicação