O Tabelião

Ubiratan Guimarães, 1° Tabelião de Notas e Protestos de Barueri, é também acadêmico, presidente da Academia Notarial Brasileira – ANB – e diretor geral da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG-BR), membro da Academia Notarial Americana e conselheiro da União Internacional do Notariado (UINL). Entre 2008 e 2011, foi presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo (CNB-SP). Em 2011 foi eleito para a presidência do Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB-CF), cargo que ocupou até 2016.

Iniciou sua carreira profissional em 1977 como auxiliar no 1º Cartório de Notas e Ofício da Justiça da comarca de Jaboticabal (SP), com 14 (quatorze) anos de idade. No início do ano de 1981, então com 18 (dezoito) anos de idade, após ser  emancipado, foi habilitado escrevente, e, após vacância da delegação de Jaboticabal, foi designado Escrivão Interino no dia 25/10/1982.

Formou-se em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto em 1984, ano em que também obteve habilitação no Exame de Ordem pela Ordem dos Advogados do Brasil – secção de São Paulo – OAB/SP, não obstante seja impedido de exercer a advocacia em razão da atividade notarial.

Assumiu o cargo de Escrivão do 1º Cartório Notas e Ofício de Justiça da comarca de Jaboticabal, após ser aprovado no 1º Concurso Público para provimento dos Cartórios Extrajudiciais no Estado de São Paulo, realizado com fundamento na Lei Estadual Complementar 539/88, em fevereiro de 1991.

Respondeu pelo expediente do 16º Tabelião de Notas da Capital de São Paulo, então sob intervenção, em abril de 1998, onde atuou por dois anos. Ubiratan Guimarães recebeu Certificado de Qualidade firmado pela Associação dos Registradores Civis das Pessoas Naturais de São Paulo (Arpen-SP), em razão da completa reestruturação dos serviços e das instalações da delegação do Oficial de Registro Civil e Tabelião de Notas do município de Pradópolis, comarca de Guariba.

Desde 17/05/2005, após ser aprovado no 3º Concurso Público para Outorga de Delegações de Notas e Protesto promovido pelo  Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, classificando-se em 1º lugar no critério de remoção e em 2º lugar no critério de ingresso, é 1º Tabelião de Notas e Protesto de Letras e Títulos da comarca de Barueri, com sede em Alphaville.