Grande número de participantes encerra mais cedo o prazo de inscrições para a I Conferência Nacional

Devido ao grande número de participantes, foram encerradas antecipadamente as inscrições para a I Conferência Nacional de Conciliação e Mediação, que ocorrerá na próxima sexta-feira (28/6), na sede do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília/DF. Ao todo, 800 pessoas participarão do evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com a Secretaria de Reforma do Judiciário. As inscrições terminariam na última sexta-feira (21/6), mas foram encerradas na terça, dia 18/6.

O elevado número de pessoas interessadas em conhecer e debater as experiências judiciais e extrajudiciais voltadas à mediação e conciliação surpreendeu o conselheiro José Roberto Neves Amorim, coorganizador do evento e coordenador do Movimento Conciliar é Legal, do CNJ.

“Superou nossas expectativas; fico extremamente feliz em saber que estamos conseguindo a adesão dos agentes do Poder Judiciário nessa construção de políticas públicas voltadas para a pacificação social”, afirmou o conselheiro, que destacou, também, o objetivo de promover discussões por meio de identificação e potencialização de experiências voltadas às práticas autocompositivas na conferência.

Entre os inscritos, estão magistrados, promotores de Justiça, procuradores de estado, defensores públicos, procuradores municipais, procuradores do trabalho, advogados, servidores do Judiciário, gestores de Órgãos do Executivo, acadêmicos em Direito, psicólogos, administradores, assistentes sociais, conciliadores, mediadores, árbitros e estudantes.

Em 2010, o CNJ editou a Resolução n. 125, que estabelece uma Política Pública de Tratamento Adequado de Conflitos. A resolução, entre outras medidas, deu destaque para as ações de apoio aos tribunais, por meio do estímulo à criação de núcleos de conciliação e organização de cursos de capacitação para serventuários da Justiça, conciliadores e mediadores.

Serviço:

I Conferência Nacional de Conciliação e Mediação

Data: 28/6/2013

Horário: das 8h às 18h

Local: Tribunal Superior do Trabalho (TST) – Brasília/DF

Regina Bandeira

Agência CNJ de Notícias