Fundada a Seccional do Colégio Notarial do Brasil no Estado do Maranhão

Desde dezembro de 2013 o Estado passa a contar com representatividade institucional do notariado e já planeja importantes ações para seu primeiro ano de consolidação.
A Tabeliã Evelise Crespo Gonçalves Meister, primeira presidente da Seccional do Colégio Notarial do Brasil no Estado do Maranhão, é enfática ao explicitar os motivos que levaram o notariado maranhense a atender o chamamento do Conselho Federal do CNB e fundar, em dezembro do ano passado, o CNB-MA. “Já se fazia necessária a criação de uma associação forte para representação da classe, atuando em prol dos interesses de todos os notários, buscando melhorias e dignificando a categoria”.

Aprovada recentemente em concurso público no Estado, Evelise assumiu o 8° Tabelionato de Notas de São Luís, disposta a contribuir para dinamização da atividade no Maranhão. “Pretendemos unir os associados em prol da atividade, difundir a classe na sociedade, promover estudos, congressos e encontros com o objetivo de atualização e qualificação dos notários”, destacou. “Além disso, vamos reforçar o elo com a Corregedoria, trabalhar na regularização fundiária do Estado e padronizar os procedimentos da prática dos atos”, completou a presidente.

“Desde o início de nossa gestão frente ao CNB-CF sempre estimulamos os colegas de todo o Brasil para que formassem as respectivas seccionais do CNB, portanto, essa recente formalização do colegiado maranhense é uma resposta positiva ao nosso chamado. Ganha o notariado e, sobretudo, ganhará a sociedade maranhense, pois haverá muitos cursos, simpósios, discussões e consequente aprimoramento da atividade notarial no Estado do Maranhão”, destacou o presidente do CNB-CF, Ubiratan Guimarães.

A atividade notarial é bastante diversificada no Estado do Maranhão. Há oito Tabelionatos que desempenham exclusivamente a atribuição de Notas, os quais se encontram na capital. No interior, existem o 1° e o 2° Ofício, e nos municípios de pequeno porte o Ofício Único, onde todos acumulam a atribuição de Notas, portanto, todos no interior são Tabeliães.
Segundo a Tabeliã “é preciso trabalhar fortemente para melhorar a imagem da classe, bem como investir em tecnologia e aperfeiçoamento da mão de obra a fim de oferecer serviços de qualidade reconhecidamente satisfatória”. Ao lado de Evelise muitos novos delegatários assumiram cartórios com a realização o 2° Concurso Público, ampliando o atendimento de grande parte da população em áreas remotas do Estado, além da descentralização dos serviços na capital com a criação de quatro novos tabelionatos que se instalaram em bairros previamente escolhidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJ-MA), após a realização de estudo populacional.

“A atividade notarial é de suma importância para a sociedade em geral, pois garante a formalização da vontade das partes, buscando a segurança jurídica com o objetivo de evitar conflitos, garantindo a paz social”, destaca a presidente do CNB-MA. “O Tabelião é o conselheiro jurídico da comunidade, sempre pronto para tirar as dúvidas sobre a realização de um contrato e sobre seus direitos e deveres”, completa Evelise, já planejando as primeiras ações institucionais à frente da Seccional do Maranhão.

Veja abaixo a primeira diretoria eleita do CNB-MA:

Presidente: Evelise Crespo Gonçalves Meister
Vice-Presidente: Ilkerson Maxwell Franco Santo
2° Vice-Presidente: Pedro Henrique de Cavalcante Lima
1° Secretário: Angelo Miguel de Souza Vargas
2° Secretário: Ynara Raalho Dantas Mota
1ª Tesoureira: Graciana Fernandes Gomes Soares
2ª Tesoureira: Raquel Cavalcante Rocha
Secretário Geral: Lucas Meister
Conselheira Fiscal: Élcia Rodrigues Lima
Conselheiro Fiscal: Thiago Aires Estrela
Conselheiro Fiscal: Diovani Alencar Santa Bárbara
Conselheira Fiscal (Suplente): Tássia Mara Martins Lima
Conselheiro de Ética Profissional (Presidente): Felipe Madruga Truccolo
Conselheira de Ética Profissional: Luciana Castelo Branco de Britto
Conselheira de Ética Profissional: Rogério de Lima Reis Araújo
Conselheiro de Ética Profissional (Suplente): Pedro Marcelo Souza Baldez

Fonte: Notariado