Condenada mulher que utilizava documentos falsos para comprar carros

Uma mulher foi condenada em decisão da 22ª Vara Criminal Central de São Paulo por estelionato, após ter adquirido dois veículos em seis meses, utilizando documentos falsos para obter o financiamento dos bens. Quando tentou pela terceira vez comprar outro veículo na mesma loja, foi identificada pela vendedora, que, desconfiada por receber ligação da acusada solicitando um novo financiamento, chamou a polícia.

Ela cumprirá pena de 5 anos e 4 meses de reclusão, em regime fechado, e pagará prestação pecuniária. A sentenciada poderá recorrer em liberdade por conta de benefício conquistado em habeas corpus.

Segundo denúncia da Promotoria, a dona dos documentos afirmou no processo que foi vítima de roubo e seus documentos começaram a ser utilizados por pessoas mal intencionadas que abriram contas em bancos, adquiriram veículos e outros bens em seu nome.

Em sentença, o juiz Márcio Lucio Falavigna Sauandag destacou que, diante das provas reunidas, “não há dúvidas acerca do efetivo cometimento do crime pela ré”.

Processo nº 0093111-78.2006.8.26.0050

Fonte: TJSP