CNB-CF institui Comissões Nacionais para debate de questões estratégicas

O Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB-CF) instituiu 11 comissões nacionais para o debate de questões estratégicas para a categoria.

São as seguintes: Comissão de Comunicação e Relações Institucionais, Comissão de Proposições e Acompanhamento de Concursos Públicos, Comissão de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro, Comissão de Gestão Estratégica e Finanças, Comissão de Cadastro Imobiliário e Regularização Fundiária, Comissão de Mediação e Conciliação, Comissão de Ética, Comissão Legislativa, Comissão de Tecnologia, Comissão de Congressos e Eventos e Comissão de Revisão Estatutária.

O vice-presidente do CNB-CF, Filipe Andrade Lima Melo, explica que os objetivos das Comissões Nacionais são o da descentralização das discussões e das ações e a delegação aos participantes para discutir assuntos por especialidade de atuação.

“As comissões também procuram criar um envolvimento cada vez maior dos colegas e de cada vez mais Seccionais dentro da gestão institucional. A descentralização resulta em agilidade, além de trazer um conhecimento mais especializado nas discussões e tomadas de decisões”.

Na visão de Melo, as comissões auxiliam na própria gestão do notariado enquanto instituição. “O Colégio Notarial do Brasil entende que é importante que haja a renovação da categoria através dos concursos públicos, sendo assim fundamental que se promova a qualidade e a velocidade na realização desses concursos. A essa razão se deve a criação Comissão de Proposições e Acompanhamento de Concursos Públicos, por exemplo”, explicou.

Fonte: CNB – CF